Terça-feira, 17 de Abril de 2007

Nós Poetas

Nós poetas

 

Nós poetas, escrevemos para que vós outros vivam.


Nós poetas, somos interlocutores do desejo.


Nós poetas, ardemos no ígneo propósito do despropósito.


Nós poetas, somos aljava de sementes em brasa, para que os caminhos em cinza, vos façam brotar, vós, viventes.


Nós poetas, descarnamos para que o osso seja a vossa carne.

Nós poetas, desvivemos ao desbarato, para que o tacto que nos deixou reféns dos dedos, seja conto de trovador nos vossos pedidos.

 

Nós poetas adornamos a vida de inexistência, inundando a vossa de existência.

 

Guilherme Gomes

sinto-me: convulso
música: chaga-ornatos violeta
tags:
publicado por sofisma às 13:31
link do post | comentar | favorito

.Profile

.pesquisar

 

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.Posts

. A Árvore da Vida

. Matéria

. Jonathan Livingston Seagu...

. Wasabi, a coisa verde que...

. The Beginning Is the End...

. Transcendência

. Sofrer

. My Blueberry Nights

. Desespero

. U2 - The Sweetest Thing

.Arquivos

. Junho 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Maio 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. ensaio(8)

. citações(7)

. crónica(6)

. apontamento(3)

. dissertação(3)

. poema(2)

. video(2)

. conto(1)

. todas as tags

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds